Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Tudo sobre melasma por Dra. Carla Gregório

25/11/2020

  • Reprodução

    Cuidar da sua pele é sempre muito importante.

  • Existem diversos tratamentos a serem feitos para cuidar da melasma.

  • Sua pele é tudo!

Por Dra. Carla Gregório

   Essas manchinhas que aparecem do dia para noite - que muita gente tem, sofre com elas e odeia - infelizmente não somem para sempre, mas podem ser controladas e vou explicar o tema de forma geral.

O que é o melasma?

   São manchas escuras na pele, mais comumente na face, mas também pode ocorrer nos braços e colo. É mais frequente “atacar” as mulheres, podendo ser vista com menor frequência nos homens.

   Não há uma causa definida, pode estar relacionada ao uso de anticoncepcionais (pílulas, DIU Mirena, adesivos), gravidez e é desencadeado principalmente por conta da exposição solar. Além dos fatores hormonais e da exposição aos raios solares, a predisposição genética e histórico familiar também influenciam no surgimento dessas tão temíveis manchas.

Como tratar?

   A parte triste da história é que não existe cura definitiva para o melasma. Ou seja, não há nada que faça as manchas desaparecerem para sempre. Mas a boa notícia é que é possível clareá-las e dependendo do caso, e se a proteção solar for adequada, elas não voltarão com facilidade.

   É um fato que o ponto principal do tratamento do melasma é a proteção solar. Além do filtro solar aplicado diretamente na pele, chapéus e barracas de sol, cobrindo totalmente as áreas afetadas também são muito importantes. Atualmente, existem inclusive substâncias via oral que funcionam como anti-oxidantes e auxiliam na prevenção dessas manchas como o Polipodium Leucotomos e Picnogenol.

   Existem diversas substâncias que podem ser usadas para o clareamento da pele em casa. Formulações contendo ácido retinoico, ácido azelaico, ácido kójico, além de hidroquinona, alfa arbutin, skin whitening complex, entre outras, devem ser utilizadas frequentemente para ajudar no processo de clareamento da pele. O uso de cremes em casa deve ser uma rotina. No começo eu sei que pode ser mais complicado, mas com o tempo você se acostuma!

   No consultório médico podem ser realizados peelings químicos com ácidos e lasers que contribuem muito para o clareamento da pele.

   Por muito tempo, o uso de lasers no melasma foi colocado em cheque. Mas atualmente uma nova geração de equipamentos tem se tornado um importante arsenal nessa batalha. São utilizados no tratamento do melasma hoje em dia os lasers fracionados não ablativos (Fraxel Dual®) e o Nd YAG de baixa potência (Spectra®, Elektra®). São procedimentos rápidos e bem eficazes.

   O número de sessões é variável. No caso dos lasers fracionados não ablativos, são realizadas em média 3 sessões com intervalo mensal entre elas e no caso do Nd YAG são necessárias uma média de 10 sessões com intervalo semanal seguido de uma manutenção mensal. Os resultados são ótimos! Mas devem ser acompanhados do tratamento em casa com ácidos e cremes clareadores e o mais importante de tudo: PROTEÇÃO SOLAR!

   Falei tanto de protetor, não é mesmo? Prometo que a minha próxima coluna será sobre o modo correto de aplica-lo no rosto.

   Cuidem-se! Com carinho,

   Dra. Carla Gregório 
   DERMATOLOGISTA (CRM 121.892)

Você também
pode gostar de...

Materia

Decorando sua casa com...

Esse texto é destinado a todos...

Antena Yes

Crianças no casamento: dicas...

Que delícia é ser criança! Afinal,...

Materia

O Pantanal pede socorro!...

Há semanas os noticiários têm mostrado...