Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

O mercado no pós-pandemia: DJ Fabio Reder

26/05/2020

  • Fotos: Divulgação

    Profissional renomado no mercado, o DJ Fábio Reder nos contou o que espera para quando o mercado voltar

  • Vamos espalhar um sentimento de esperança sobre o que está por vir!

  • Os sonhos não estão de quarentena!

   O cenário que estamos vivendo atualmente trouxe incertezas não apenas para os noivos, que precisaram adiar o sonho do casamento, mas também para os profissionais do mercado de eventos. Afinal, o que esperar?

   Bom, não existe uma resposta certa ou ideal. Mas conversamos com alguns profissionais para entender o que eles esperam do que está por vir.

   Para começar, o DJ Fábio Reder – que há mais de duas décadas comanda as pick-ups de casamentos e eventos sociais em todo o Brasil –, contou ao Yes Wedding como foram os primeiros dias da quarentena e o que ele espera para quando as festas voltarem a acontecer!

   Confira!

   Yes Wedding – Como os casais lidaram com a remarcação das festas nos primeiros dias de quarentena?

   DJ Fábio Reder – Os primeiros dias foram de incertezas e angústias dos noivos. A maioria deles agia como se o sonho tivesse acabado. E, infelizmente, no primeiro momento, alguns fornecedores dificultaram ainda mais, causando imenso desconforto e piorando a situação para muitos deles. No meu caso, tentei facilitar da melhor maneira possível para que eles não se preocupassem, pelo menos, com o meu trabalho. Ainda ajudei muitos deles com outras situações, usando minha experiência para que tudo fosse o menos desgastante possível num momento tão complicado.

   YW – E com relação ao mercado de eventos, como está sendo lidar com esse momento?

   FR – Então, entendo que agora é a hora da criatividade, né? Nós DJs já passamos algumas vezes por situações parecidas no mercado de festas, não por uma doença como acontece hoje, mas por outros acontecimentos profissionais . Quem se lembra disso sabe que é hora de se reinventar e criar novas ferramentas para ajudar o mercado. No meu caso, estou criando músicas, ajudando outros DJs em lives e parceiros com os reagendamentos, além de outras coisas. Nesse momento, o melhor é manter o mercado na lembrança das pessoas e mostrar aos clientes que estamos fortes e com vontade de fazer o melhor por eles quando tudo voltar.

   YW – Quais têm sido suas principais ações durante a quarentena?

   FR – A minha primeira atitude foi a de incluir cláusulas no meu contrato que dessem mais segurança aos noivos e também disponibilizei uma pessoa para lidar unicamente com as dúvidas e problemas relacionados. Depois, passei a ler bastante e consumir as informações que chegavam para criar uma análise do mercado de eventos. Com isso, me dediquei a gerar informações gráficas para as redes sociais com o objetivo de despertar otimismo nas pessoas. Também trabalhei em muitas músicas para reformar o meu repertório musical. Resumindo, usei criatividade como um fator essencial nesse momento de crise. E acredito que a maioria dos brasileiros tem feito isso também.

   YW – Diante disso, quais são suas perspectivas para o setor?

   FR – As perspectivas são as melhores possíveis. De acordo com o que tenho conversado com outros profissionais e com os clientes, todos estão muito empolgados para a volta. Estou certo de que faremos festas ainda melhores, com mais amor, carinho, alegria e divertimento. Teremos várias histórias pra contar quando tudo passar. Para um DJ a alegria é quase constante na vida, vivemos de otimismo e bons pensamentos. Assim, nossa maior dificuldade é não ter esse calor humano das festas em nossas vidas. Somos movidos por este sentimento e constantemente eu assisto vídeos de festas para me lembrar de como era incrível o que fazia e que, só por agora, está suspenso. Tudo para ser ainda melhor quando voltarmos!

   YW – O que você espera que mude quando os casamentos voltarem a acontecer?

   FR – Eu imagino um cenário de organização, parceria, profissionalismo e vontade de fazer ainda melhor por parte dos profissionais, bem como um posicionamento mais crítico e detalhista por parte dos clientes. Acredito que os profissionais deverão ser ainda melhores, atenciosos e éticos para conquistar os clientes que, certamente, irão pesquisar ainda mais sobre as opções que se encaixem melhor nos seus sonhos. Os valores dos serviços também serão diferentes pela situação econômica que o país está e estará passando. Novos projetos e promoções estão surgindo para incentivar as pessoas a não desanimarem de suas festas. Somos um povo festeiro e negar isso é tirar a essência do brasileiro e também dos estrangeiros que acolhemos em nosso país. Crises existem para serem superadas e para revermos conceitos e preconceitos, atitudes, comportamentos e desenvolvermos a criatividade para sermos ainda melhores no que fazemos. Sempre foi assim e dessa vez não será diferente!

   Para quem gostou e quer conhecer mais sobre o trabalho do DJ Fabio Reder é só clicar AQUI. Aproveite para escutar as músicas e remixes, pensar numa setlist, marcar uma reunião virtual e já sonhar com seu grande dia!

   Lembre-se: os sonhos não estão de quarentena. Logo isso vai passar e juntos vamos festejar!
 

Você também
pode gostar de...

Materia

Tudo sobre melasma...

Por Dra. Carla Gregório Essas manchinhas que...

Antena Yes

Decoração de casamento com...

Sim! Por que não? Essa é...

Antena Yes

60 anos de união:...

Já começo esse texto com uma...