Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Não fujam das conversas delicadas! por Ana Carolina Escobar

12/12/2019

  • Fotos: Reprodução

    Evitando aquela conversa delicada com seu par?

  • Com as palavras e a maneira certa de falar, é possível tratar de qualquer assunto com seu amor

  • Isso fortalecerá ainda mais seu relacionamento!

   Imaginem a cena:

   Você e seu par estão conversando sobre algum tema que vocês já sabem que é delicado para ambos, por exemplo: onde irão passar o Natal esse ano, lembrando que ano passado isso foi motivo de briga entre vocês. Só de imaginar a cena você já se arrepia e está pensando até em propor uma viagem só para fugir desta discussão. Mas, a viagem não é possível esse ano e vocês terão que conversar a respeito.

   É comum os casais quererem evitar conversas delicadas, pois para que elas ocorram é preciso haver um desnudar. Penso que no sexo o desnude é muito mais sensual e gostoso do que o desnude de uma conversa. Contar para seu par que você se sente “excluído”, “com inveja”, “um alienígena naquela família”, “que fica tenso com os possíveis conflitos e não consegue curtir a festa”, entre tantos possíveis sentimentos pode ser difícil, pois é contar ao outro suas dores e vulnerabilidades.

   Mas, aqui vai a boa notícia! Quando contamos ao outro nossas vulnerabilidades o convidamos, ou melhor, permitimos que ele também nos mostre as dele e um novo degrau na relação começa a ser construído. Isso se chama empatia, ou seja: quando eu consigo reconhecer a dor do outro, pois conheço também essa dor, e por isso podemos conversar com respeito e a respeito. Sabe aquela imagem de vestir o sapato do outro?

   E quando isso acontece, uma mágica acontece na relação. O vínculo começa a ser um canal nutritivo, no qual aquelas duas pessoas podem se nutrir, se ajudar e se fortalecer.

   A outra alternativa é engavetar a conversa, que as vezes, vamos combinar, é até uma solução eficaz. Só não podemos esquecer que se a gaveta ficar muito pesada, um dia ela explodirá e será mais difícil consertar.

   Então, passo aqui algumas dicas práticas para essa conversa:

   - Fale sempre de si. Aqui a “Comunicação Não Violenta” ajuda muito. Veja só a mesma frase dita de duas formas diferentes: “Você é egoísta e só pensa em você” e “Da forma como você fala, me sinto excluído e não gosto de me sentir excluído”. Nas duas frases estão sendo ditas as mesmas coisas sobre ‘a dor da exclusão’, com uma diferença: no primeiro exemplo há um julgamento e, em todo julgamento há um réu que tem direito a defesa. Já no segundo há um convite para o desnude.

   - Como são conversas delicadas, tome o cuidado de que não haja outros incômodos para torná-la ainda mais difícil. Parece besteira, mas conversar com fome, sede, dor é sempre mais difícil do que conversar aconchegado.

   - E, se a conversa acontecer e vocês começarem a se desnudar aproveitem o momento e se entreguem um ao outro, pois como em toda boa transa que começa sensual, a chance de um gozo conjunto é muito grande.

   Até o próximo mês!

   Um abraço,

   Ana Carolina Escobar
   Advogada e Terapeuta de Casais 

Você também
pode gostar de...

Materia

Red Carpets: Gabriela Piccoli...

Do Golden Globes ao Oscar, o...

Antena Yes

O casamento da Princesa...

Em meio a tantas polêmicas recentes...

Antena Yes

Guia da noiva YW:...

Elemento cheio de significados, o buquê...