Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Entrevista com Simone Tostes, da Aonde Casar

09/06/2016

  • Divulgação

    Simone Tostes no Congresso Destination Wedding Planners (DWP) que aconteceu em Firenze, na Itália

  • Divulgação

    Entre os destinos indicados por Simone está a Toscana!

  • Divulgação

    O hotel Il Borro, do grupo Ferragamo, é um dos preferidos da wedding planner...

  • Divulgação

    ... que também ressalta a competência e qualidade dos fornecedores da região!

  • Divulgação

    O castelo de Óbidos, é outro dos destinos preferidos de Simone! " Os vinhedos, a gastronomia e a cultura de lá são incríveis e as pessoas são sempre muito alegres e acolhedoras".

  • Divulgação

    Depois de uma visita ao México, Simone incluiu o país entre os melhores locais para um destination wedding

  • Divulgação

    Aqui no Brasil, Trancoso está entre os destinos preferidos para casamentos! Na foto, o complexo Terravista

  • Divulgação

    Outra opção na Toscana, é a Podere Felceto!!! Uma joia arquitetônica localizada entre Florença e Siena

   Que os destination weddings caíram no gosto dos brasileiros, ninguém duvida. Podendo durar vários dias, esse tipo de celebração é uma oportunidade para que os noivos passem mais tempo com amigos e familiares, rolando uma integração deliciosa e muitas comemorações.

   Entretanto, organizar um casamento em outra cidade ou país não é tarefa tão simples. Com mais de 15 anos de experiência, Simone Tostes é uma wedding planner especialista nesse tipo de festa.

   À frente da Aonde Casar - assessoria completa para destination wedding - Simone está sempre pesquisando lugares e profissionais para realização de casamentos únicos. Em um bate-papo exclusivo com o Yes Wedding, ela fala sobre as tendências para o setor e dá dicas para quem sonha em se casar fora do país.

   Yes Wedding – Recentemente, você participou do Congresso Destination Wedding Planners. Quais as tendências e novidades que podemos esperar para esse tipo de casamento?

   Simone Tostes – Cada vez mais os hotéis e espaços de festas de casamento ao redor do mundo se preparam para receber o que está envolvido no destination wedding com a mais alta qualidade, seja na hotelaria, no atendimento, na gastronomia, nos vinhos, nos passeios e em outros detalhes mais. Então, devemos esperar cada vez mais pela alta excelência nos serviços e profissionais envolvidos nos destination weddings mundo afora. Cada país tem um diferencial, mas todos buscam pela qualidade nos serviços oferecidos para os noivos e seus convidados.

   YW – Essa edição do DWP, do qual participou, aconteceu na Itália. Esse é um destino especial para casamentos? Por quê?

   ST – Sim! A Itália, principalmente a Toscana, é um destino muito especial para casamentos porque além das paisagens belíssimas, capelas seculares e vilas deslumbrantes, possui uma enorme qualidade dos seus serviços oferecidos, hotelaria de luxo, uma gastronomia divina e vinhos impecáveis. E todos os fornecedores e prestadores de serviços da região são muito organizados e altamente competentes.

   YW – Conte-nos um pouco sobre o perfil e comportamento dos noivos que escolhem casar fora (ex: idade, de onde são, lugares preferidos, tamanho das festas e etc.)

   ST – Em geral são noivos jovens, programando o seu primeiro casamento ou em busca da renovação de votos. Eu recebo de 6 a 8 e-mails por semana com solicitações de orçamentos de noivos de todo Brasil. As festas são de todos os tamanhos, de couple weddings – somente para o casal –, mini weddings, até casamentos com 200/300 convidados. Tudo depende da solicitação e desejos dos noivos, destino escolhido, budget disponível, etc.

   YW – Quais os destinos que você mais recomendaria e por quê?

   ST – Como eu já disse a Toscana é incrível, porque é muito bem estruturada para casamentos. Também indico o Rio de Janeiro pois temos espaços e fornecedores maravilhosos. Trancoso no sul da Bahia pelo mesmo motivo – locais deslumbrantes e fornecedores de primeira – e o México também, as paisagens divinas, a cultura rica, a qualidade dos serviços, os hotéis incríveis, os fornecedores e os espaços para casamentos são da mais alta qualidade. Também sou apaixonada por Portugal, com seus vinhedos, sua gastronomia e cultura são incríveis e as pessoas são sempre muito alegres e acolhedoras.

   YW – O que os brasileiros buscam e esperam quando optam por casar em outra cidade ou país?

   ST – O destination wedding não é uma prática muito nova. Europeus, japoneses e americanos já realizam há muitos e muitos anos, mas no Brasil ainda é uma novidade, já que os brasileiros descobriram recentemente as delícias de viajar e festejar mundo afora. Fazer o casamento fora do Brasil prolonga em alguns dias a festa e a companhia dos amigos e familiares. Muitas noivas, que ficam em média um ano planejando o seu grande dia, reclamam comigo que a festa passa muito rápido. Em um casamento fora, esse tempo é maior, podendo ser organizados até três dias de festas diferentes (welcome party, cerimônia com almoço e jantar, e uma grande festa). Alguns passeios para conhecerem o local também podem ser programados para o grupo.

   YW – Existem diferenças entre os destinations weddings de casais brasileiros e os de casais de outros países? Se sim, quais?

   ST – Sim, os casais brasileiros normalmente buscam um destination wedding fora do Brasil, mas não abrem mão de ter a "brasilidade" em alguns itens do casamento, seja em detalhes da decoração, em itens como bem-casados ou brigadeiros, ou nas tradicionais havaianas como brindes, por exemplo. Já com a maioria dos estrangeiros esses detalhes não tem tanta importância. O que eles desejam, na maioria das vezes, é exatamente o contrário dos brasileiros, ter um casamento bastante típico com o máximo de detalhes do país escolhido para o seu destination wedding. Mas é claro que existem povos estrangeiros que presam tanto a sua cultura que, em qualquer destino que se busque para o casamento, não abrirão mão das suas tradições, como os indianos, por exemplo.

   YW – Ao realizar um destination wedding, existe algum serviço que você considera indispensável que os noivos levem do Brasil? Se sim, qual e por quê? Ou é melhor que todos os fornecedores sejam do local onde acontecerá o casamento?

   ST: O quarteto fantástico que aconselho todos os meus noivos a levarem do Brasil são: assessora, fotógrafo, maquiador e DJ. Somente a assessora brasileira vai conseguir entender o que se passa na cabeça e nos desejos dos noivos. Assim como moda, maquiagem e música são itens muito pessoais e culturais. Ou seja, não queira contratar um DJ alemão e pedir que ele toque, com naturalidade e perfeição sertanejo ou funk! Os demais serviços devem ser sim escolhidos no local onde acontecerá o casamento.

   YW – Como funciona com os convidados, cada um paga sua passagem e hospedagem ou os noivos arcam com os custos?

   ST – O mais comum são os noivos oferecerem a festa de casamento, uma pré-festa (Welcome Party), um brunch ou almoço de despedida, alguns passeios pela cidade escolhida para o evento e os convidados pagam as despesas aéreas e a própria hospedagem. Mas existem casais que também oferecem a hospedagem dos convidados.

   YW – Consegue nos dar uma ideia de valor mínimo para um casamento fora do país?

   ST – Tudo vai depender do tipo de casamento que os noivos desejam, do destino escolhido, decoração, buffet, bebidas, e muitos outros detalhes. Os casamentos no local de residência dos noivos costumam ser muito grandes e, por esse motivo, mais caros. Se o valor que os noivos tem para gastar com o casamento não é tão alto, eles podem optar por menos convidados e uma festa mais simples em um destino que ofereça a natureza como cenário ou salões históricos, por exemplo. Mas uma dica muito importante: calcule o budget do casamento e da viagem na moeda do país escolhido para o destination wedding. Valores em real para casamentos em moedas como euro ou dólar podem muitas vezes se tornar frustrantes para os noivos, já que a nossa moeda infelizmente anda bastante desvalorizada mundo afora.

   YW – E por último, por favor quais são as suas recomendações básicas para um casal que esteja pensando em um destination wedding. O que eles devem avaliar e refletir antes da decisão?

   ST – É preciso conhecimento não só na parte da viagem, mas de todo o cerimonial e cultura que é diferente em cada destino, ou poderão encontrar surpresas desagradáveis e o sonho se torna um pesadelo. Se lembrem de que não estão programando uma viagem de férias, mas um casamento inteiro em um lugar completamente diferente do convívio de vocês. Procurem uma empresa especializada em destination wedding, que possa cuidar de todas as coisas com profissionalismo, e que possa te passar segurança e conforto. O Aonde Casar poderá fazer isso para você.

   Clique AQUI para saber mais sobre o Aonde Casar.
 

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

O chá de lingerie...

Pois é minha gente, falta muito...

Antena Yes

O casamento de Carlinhos...

Aconteceu durante o pôr do sol...

Antena Yes

Casamento no Central Park...

Considerado um oásis no meio da...