Yes Wedding

O site YW está em manutenção por conta da nova versão e em breve o login estará normalizado. Obrigada pela compreensão

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
O Yes Wedding tem o maior prazer em receber suas sugestões, opiniões e comentários. Quanto as dúvidas individuais, conforme formos recebendo, tentaremos transformá-las em pautas de matérias futuras. Obrigada e volte sempre!

Contato

contato@yeswedding.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest

Matérias

Entrevista com Natalie Klein

05/08/2011

  • Divulgação

Paulistana de nascimento e cidadã do mundo por opção, Natalie Klein é formada em arquitetura, mas pela experiência e vida podemos dizer que sua formação é moda. A curiosidade, dedicação, incrível olhar estético e a vontade de trabalhar na área foram o que a moveu para concretizar seu projeto. Desde muito jovem, Natalie pesquisa e vive imersa em todas as novidades que a moda pode proporcioná-la. Um dia, já com um conhecimento mais maduro, criou uma loja onde estilo e personalidade são tão importantes quanto caimento, corte e qualidade do tecido. Fundada há 14 anos, a NK  é uma loja multimarcas com uma seleção de peças e grifes diferenciada, onde o processo de escolha é pautado pela aprovação e seleção da própria Natalie, além das marcas próprias NK e Talie. É como se fosse o “armário da Natalie”, com permissão para ser comercializado. A curadoria das peças é o seu grande diferencial e, confiando nesse olhar,convidamos a expert em garimpo do que é melhor para ser jurada do WEDDING AWARDS. Segue abaixo uma entrevista exclusiva de Natalie Klein ao YES WEDDING.

YW: Por trabalhar diretamente com moda, qual a sua percepção quanto à evolução do segmento de vestidos de noiva no mercado brasileiro?
Acredito que os vestidos de noiva ultimamente estão cada vez mais sintonizados com a moda internacional, estão mais sofisticados, com materiais mais nobres, e não deixam nada a desejar para os grandes estilistas internacionais. Tenho visto vestidos maravilhosos da Wanda Borges e o meu predileto, Demi Queiroz.

YW: De qual estilista da moda internacional, que não confecciona vestidos de noiva, você teria curiosidade em ver uma criação neste segmento? E da moda brasileira?
Adoraria ver vestidos de noiva da Stella McCartney, ela já fez alguns, poucos, para modelos e algumas funcionárias que trabalham com ela que me mostraram suas fotos pessoais. Incríveis!! No Brasil, acho que o Reinaldo Lourenço faria uma coleção linda de noivas e a Glória Coelho, com sua expertise, lançou recentemente a sua. Quem está fazendo uma linha de noivas maravilhosa é Lanvin, além dos vestidos deslumbrantes, os acessórios, como véus e coroas, são de enlouquecer.

YW: Se você fosse casar de novo e escolher um vestido de noiva hoje, como ele seria?
Bem diferente do que eu casei. Antes de mais nada usaria véu, que não usei no meu casamento anterior por ele não ter sido religioso, mas acho que o grande diferencial da noiva é o véu, que dá essa importância e riqueza ao vestido, é o grande símbolo da pureza, respeito e religiosidade. Acho que o mais importante para toda noiva é casar com um vestido que seja sua cara, que reflita sua personalidade e lifestyle. Já vi noivas lindas, mas que não pareciam elas, isso deixa impessoal e acaba parecendo uma fantasia. Hoje eu me casaria com um dos modelos Lanvin, certamente.

YW: Sendo uma expert em alta-costura, conte-nos um pouco sobre o que é elegante para as madrinhas hoje em dia, e o que é over na sua opinião.
Acredito que mesmo que as madrinhas tenham um papel importante no casamento, elas não podem querer roubar a cena... a grande estrela é a noiva, portanto, sou grande fã de cores mais neutras, como nudes, cinzas, rosas pálidos, no máximo um estampado discreto. Over são decotes exagerados e cores fortes, como turquesa, azul royal...

YW: Você já assinou uma linha de jóias em parceria com Jack Vartanian. Tendo em mente o vestido branco, véu e todos os outros detalhes do look da noiva, quais são as jóias ideais para uma composição harmônica?
São jóias mais modernas, pois não necessariamente as jóias de um casamento precisam ser clássicas por se tratar de uma festa tradicionalmente recatada. As jóias devem falar a mesma língua do vestido e da noiva, portanto, imaginamos uma noiva mais natural, com vestido mais fluido, sem grandes armações e que teria uma quebra de protocolo. Casaria de unhas pintadas de cor forte, uns pentes de brilhantes no cabelo, usando pulseiras e anéis... uma noiva com atitude, um pouco rebelde, e as jóias retratariam isso.

YW: Para você o que não pode faltar em uma festa de casamento?
Alegria verdadeira e contagiante dos noivos.

YW: Você é uma pessoa super viajada, qual seria a sua dica de programa ou roteiro imperdível para os noivos que estão organizando a lua-de-mel?
Se for na América do Sul, indico o deserto do Atacama, no Chile. É uma experiência única na vida. Na Europa, a costa italiana ainda é minha predileta, sendo Capri o lugar perfeito para uma lua-de-mel. A mais exótica seria um cruzeiro pelo Rio Nilo no Egito. Foi a viagem mais extraordinária que eu fiz, pois une uma paisagem ímpar e uma aula de historia in loco.

YW: Para terminar, o WEDDING AWARDS será a primeira premiação no Brasil que irá reconhecer e valorizar o que existe de melhor no mundo wedding, sobre o olhar de renomados formadores de opinião. Para você, qual a importância desta iniciativa?
Toda noiva tem o sonho de fazer o seu casamento o mais lindo de todos... o mais perfeito... e o WEDDING AWARDS pode dizer a ela que ela conseguiu.

www.weddingawards.com.br

Você também
pode gostar de...

Antena Yes

Elizabeth Olsen noiva!...

Após três anos de namoro, a...

Antena Yes

Jennifer Lawrence fala pela...

Sempre discreta em relação a sua...

Antena Yes

Bieber e Hailey remarcam...

Após cancelarem a celebração que aconteceria...